Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2012

...

Vazio, completamente nulo. Vago, vasto, oco e seco.
Se me vens hoje não me traga nenhuma rosa
Nem palavas, nem olhares
Me traga o elixir de teu amor e me respire;
encontre;
reviva;
absolva;
Somente hoje... só por hoje.
Permita-me!
Perdoa-me...
Retira a adaga envenenada de tuas lembranças
Anule os dias que se foram e recomece

Me olha, me o olha de novo
Me faz sorrir com teu jeito bobo
Me implante sonhos de um mundo novo

Intenso e veloz...
Cicatrizes invisíveis torturam
Silêncio, escuridão e lágrimas

Meu cometa gracioso, minha estrela cadente, meu...
Meu nome de rima
Meu segredo revelado, meus dias contados