Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2013

Entre uns e outros

Tem tempo
Lento...
Tem amor
Quase perfeito
E vento
Que vem lento,
forte...
E perfeitoFolha seca cai
Pensamento vai
Além
Aquém
Porém
Tem dor que não saiE corpo padece
De sorrir se esquece
Acorda
Da corda
Concorda
Com corda
Enlouquece Lua que vem
Olhar busca alguém
Na multidão
Escuridão
Solidão
Prisão...
Não encontra o que temE a vida segue
Ele a ergue
Protege
EntregueMais um amor fortalece

3,2,1

O tempo foi suficiente para gerar uma vida, mas ele o fez diferente, preferiu mudar a vida que já existia.

Não era mais o fato de estar ou não ali, existia algo maior, uma força maior. Era noite quente de maio e ela baixinho dizia "liberdade"... E lá se disse um tchau com peso de adeus e gosto de até logo.

Naquela noite banhou seu rosto com secas lágrimas que insistiam em correr invisíveis e mergulhou num abraço que afogou suas mágoas. Morria ali: esperança, fraquezas e tristezas.

Voltou então ao seu lar e no caminho passou o passado, o presente e viu o futuro...
Um ou dois?
tragos e garrafas
sorrisos ou choros?
sonhos e tormentos
como o ar, cometa perfeito, amor cadente, explorador
Beijo doce não sentido.

Agora a vida segue por não se sabe onde, mas segue. E fica o amanhã para ser descoberto.
"boa sorte" ela ainda diz, vida nova lhe espera.