Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2008

The Dance of Days

A dança dos dias...

Passos, caminhadas, passeios, viagens...

No meu ritmo, no seu ritmo, no nosso ritmo, criamos a nossa dança dos dias...

Conduzindo pelo enorme salão bailamos sob o som da nossa música. Esse salão que não é plano, que esta sempre cheio, que tem acesso difícil... São pés com bolhas de tanto dançar, o corpo dolorido por estar sempre aprendendo um "passo" novo, uma cotovelada aqui, outra alí...

Mais uma vez as luzes se focam, e estamos apenas dançando a dança dos dias.

Nunca fiz um evento com uma banda que me dissesse tanto em seu nome, já fiz váriosshows do Dance tanto como organizadora como "produtora-free" deles, mas esse tem um "q" de especial. É o primeiro evento "grande" da produtora "nova", com a DaJapa Produções fiz vários eventos bacanas e de porte igual esse do Dance, mas fazia sozinha, agora tenho o Dri na pegada do louco como sócio, que era uma coisa que por inúmerosfatores infelizmente só veio a se firmar agora..…

Sonhos e possibilidades

E derrepente as possibilidades de realizar sonhos estão mais próximo de você como nunca... E aí, o que você faz?

Quando tudo aquilo que você mais desejou, um belo dia bate na sua porta e diz: - Cheguei!

Eu me assustei, confesso! E até agora estou confusa o suficiente para me manter "quetinha" e de alguma forma criando obstáculos para que a cena não se repita, é meio confuso tentar expressar tudo o que eu to sentindo nesse exato momento, mas uma vez me disseram: "as vezes a gente deseja tanto uma coisa que quando consegue não sabe o que fazer com ela"

E é exatamente como me sinto, tenho plena certeza que estou cada vez mais próximo de alcançar todos meus objetivos, tendo alguns deles já alcançados... mas e agora, e depois disso?

"Chegar é fácil, o difícil é se manter", fico me perguntando se era realmente isso que eu queria...

Hoje tenho uma "carreira" estabilizada, trabalho muito e tenho pouco tempo pras "coisas simples" da vida, mas isso f…

Mais uma manhã

Eu pensei em deixar as palavras entorpecidas registradas em algum lugar.

E as registrei, todas, em minha memória...

Hoje apenas me lembrarei de tudo, toda fantasia, toda esperança... Sim, apenas boas lembranças.
Eu bloqueei lembranças, e ontem as deixei vir a tona, senti saudades e quis reviver cada momento, foram algumas lágrimas de saudade, foi o tempo que passou e mostrou novos caminhos.

Agora é voltar para o dia-dia trabalhando em resgatar tantos outros bons momentos que por egoísmo deixei-os para trás, incrivelmente eles me fizeram bem.

Segue a vida... foi apenas mais uma brisa.

E o comum são leves traços depressivos, talvez um pouco de remorso, por tanto tempo ter deixado gavetas intactas.

Pensar aonde vou chegar, tantas coisas já aconteceram... não há destino certo, nem escolha dele, mas se existisse a remota possibilidade de escolher, eu já tenho o meu definido.

O fim dos meus dias ao lado do homem que eu amo, sentados em uma namoradeira vendo nossa herança brincando de pega-pega, ouv…

Mais um cigarro - ou a maldita mania de ir atrás de pressentimentos!

Ok, não devia estar aqui, sei o quanto isso ofende e atinge os" seres-humanos-virtuais" nesse mundo real/ilusório que crio aqui no blog!

Mas, porem, entretanto, sendo assim... FODA-SE A SUA CARETA!

Uma da manhã, terminei a arte para os ingressos, cartazes e tudo o que tinha de material gráfico pra ser feito esta ok.

É mais que direito meu esvaziar a cabeça me "dissimulando" em palavras publicadas nessa coisa!

E lá vamos nós...(leia como a bruxinha do episódio clássico do pica-pau que fica procurando a sua vassoura magica)

Por falar em Pica-Pau (uí, pica e pau hsuahsuahs) comprei um sábado, lá na saída do metro Barra funda... ah, mas isso não é coisa pra cá, faz parte da minha "vida-real-infantil"...

Eu tenho tentado me comportar da melhor maneira possível, perante os fatos que tem ocorrido ultimamente, nada de situações constrangedoras, sonhos, cobranças ilusórias... mas cá entre nós, não é por nada não VAI PROS QUINTO DOS INFERNOS!!!! Ok, ganhei o titulo de mi…

Então....

Meio cansada do mundinho virtual, são tantos ogls e blogs... Dá uma preguiça ZZzzzzzzzzzzzzzzZZZZZZzzzzzz

Mas já que inventei de ter tudo isso, nada mais justo que manter!

Tenho trabalhado demais... isso não é muito legal, fico sem tempo pra mim, e pra tudo aquilo e gosto realmente de fazer, como tirar uma tarde pra ficar de pernas pro alto, jogada no sofá, pensando na vida ou simplesmente ligar para alguém e passar horas sem dizer nada de útil, ouvindo piadas, sentar num boteco qualquer e ter um zilhão de assuntos que não sejam sobre trabalho...

As vezes penso (poucas vezes) que todos meus "amigos", os verdadeiros, os falsos, os conhecidos, todo mundo, todos mesmo, estão ligados de uma forma ou de outra a meu trabalho ou porque os conheci fechando algum negócio comigo, ou porque são amigos dos que fecharam negócio comigo ¬¬

Não é bem uma reclamação isso, amo cada um dos que fazem parte do meu dia-dia graças a meu "trampo" e como AMO, os poucos que conhecem a Angélica …

chupa!

Interrompemos a programação... hahahahahah

Meus "queridins"!!!!

Destaque no site da MTV... podem alguns chamar isso de "Fama fabricada" eu chamo de consequência de trabalho, e que trabalho, foram noites a dentro no Rock Together, seção de fotos com Luringa, panfletagem em porta de shows, ensaios e mais ensaios, shows, viagens, correr-corre loco pra estar onde estão, mérito total do profissionalismo da banda e todos os envolvidos (me sinto parte disso ainda).

Fato é que, uma banda de sonoridade "pop", meninos inteligentes e focados em seus objetivos não poderiam estar em outro lugar além desse. Com menos de três anos de banda, um CD e dois EPs lançados, Falante não "deixa" duvidas que chegou para ficar na cabeça de toda garotada, musicas bem tocadas, letras inteligentes, relatando o cotidiano e fazendo com que as pessoas que escutam falante se identifiquemfácil com a banda. Deixo aqui meus parabéns para o Flávio, Roberto, Otávio, Marcelo e todos os …

Um pouco de utopia

... sentou-se na namoradeira ao lado dela , que vestia um penoar branco e longo que rastejava pelo chão quando caminhava, trocaram alguns olhares, e ela lhe sorriu, deixou no acento um caderno, uma caneta com alguns penduricalhos que faziam barulho enquanto escrevia e se aproximou de seu ombro. Contemplaram a lua refletida no lago em sua frente, e fixaram-se na grande e solitária rosa que isolada com pequenas pedrinhas brancas, enfeitava o grande cenário.

Era-lhes possível ouvir os risos dos sobreviventes de tão formoso dia na beira da piscina... pouco a pouco esses grunhidos iam-se abafando até que o silencio total veio-os a intensificar tão belo momento. Ainda contemplando a bela rosa, uma voz doce e acolhedora sussurrou no ouvido da dama:

- Assim como você me disse um dia...

- Sim, em terra fofa, cercada por pedrinhas brancas, uma única flor. É a sepultura de tudo aquilo que morreu em minha vida, enterrado em cova rasa. A namoradeira, enfeitada com fitas e flores em suas laterais, o l…

Tirando coisas do baú

Mais um cigarro e sua ausência que não me deixa ir, os olhos fixos em uma imagem qualquer sem enxergar absolutamente nada além de seus traços, qtos pensamentos fúteis ....

Imaginar que você poderia estar aqui ("-tolice!!!") ,qdo tdo não passou de momento erroneo, e presente em minha vida apenas amargas lembranças.

Momentos superfulos de palavras vazias,gestos ilusórios e uma dor sem fim... Maldita memoria que me traz você

Vejo o sol adentar em minha janela, a noite toda você esteve aqui, perturbando meu sono e pensamentos

"- Vá embora" !!!
De mim já arrancou tudo o que lhe era necessário
" - Vá embora"!!!
Permita que eu volte a caminhar
"- Vá embora"!!!
Deixe-me dormir em Paz

19/03/2007

Guardado a sete chaves (premonição)

São Paulo, 24/11/2006

eu que te aguardei por tanto tempo
hoje te tenho e te vejo partir
parte com o semblante sofrido
no peito um coração dividido
e a incerteza de voltar

e eu q te aguardei por tanto tempo
hoje te tenho e te vejo partir
parte deixando saudades
parte deixando a dor
parte em meio a tempestade

e eu q te aguardei por tanto tempo
eis que aqui estou
com os olhos marejados
lutando contra o passado
afastando de mim alucinações
fugindo da depressão

eis que aqui estou
juntando retratos
versos e poesias
segurando nas mãos todo o que me sobrou
me afogando em lembranças
calando o grito esperança
acorrentando a alma
e sufocando o peito

Contaminação

Eu que disse tanto saber que não era assim, fiz o mesmo tipo de julgamento que sempre critiquei, fui levada pelas mesmas visões que fui contra o tempo todo, enxerguei com os olhos do egoísmo, me esqueci que "só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos".

E agora me resta um humilde pedido de desculpa, por ter deixado me contaminar com o "comum", e o arrependimento que nunca vai passar por não ter colocado em pratica tudo o que me ensinou, talvez infantilidade, talvez o cansaço, talvez a desistência... não sei, mas essa noite mesmo que aos olhos de todos eu estava agindo de maneira correta me senti culpada, relembrei de um coração frágil, de um homem guerreio, de um herói, que eu garantia não desistir mesmo sendo contrariada o tempo todo que afirmava isso por você mesmo, porque eu dizia ser eterno e você dizia que passaria... E quando acordei tudo o que pensei e me fez rolar na cama por horas me mostrou o quanto estava errada em me deixar levar por s…

Manual da hipocrisia

O negocio é não perder a boca livre, como e as consequências que isso traz não faz a mínima diferença, é tirar da reta, meter pra dentro e foda-se o dia de amanhã, se der errado é só fazer um carinho na onça que ela volta a comer mão...

Tá certo, é exatamente dessa forma que deve-se agir, pra que pensar que por mais que exista maturidade suficiente pra entender perfeitamente a situação, existe também uma porra de um sentimento que não mede esforços e se encanta com qualquer sorriso?

Foda-se, vamos fingir que o importante é apenas falar, atitudes e afins não levam a lugar algum!

Podemos usar de argumentos infinitos com palavras vazias e fazer como que todas nossas atitudes contrariem nossos dizeres, assim que é. Agora se atitudes prejudicam outros, é "ema, ema, ema, cada um com seus problemas" afinal, quem manda ser idiota o suficiente por não saber distinguir a diferença de falar e fazer...

Mais uma coisa, faça isso com o maior numero de pessoas possíveis, assim terá boca livre …

Perdido no tempo

Todas as vezes que se fez presente, foram esquecidas com as manhãs que você se despedia dizendo "Adeus", e quando consigo esquecer teus adeus das imuneras manhãs eu me recordo perfeitamente da tua busca por mim, do teu sorriso e gestos inocentes.

Eram tardes como essa de hoje em que você chegava e esperava o anoitecer impaciente para estarmos juntos, falando bobeiras, contando nossos sonhos, tomando nossa merecida cerveja, criticando o mundo e a sociedade hipócrita em que vivemos...

Mas acabou por se perder no tempo, talvez eu seja injusta por lembrar tão pouco desses momentos, ou justa demais por fingir que não lembro e tentar me agarrar em qualquer coisa que me desprende de você, que incrívelmente acaba funcionando e por momentos me pego sem pensar em nada que me traga você.

Mesmo sabendo que isso não passa de uma "auto-defesa" criada e planejada totalmente pelo desespero de querer o "não-querer-te-mais-em-sonhos-meus", e, em momentos lúcidos saber exatame…