Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2011
o que me resta é perfumar o quarto...
deixarei a porta aberta para a brisa entrar


outra noite que a vida tenta me dar aquela senhora rasteira, mas é, aprendi a ser guerreira, precisa de muito mais que isso para me derrubar. eu tenho tudo o que minhas mãos podem carregar, nada a mais, nada a menos. eu transfiguro minhas imaginações afins de encontrar minhas verdades. eu vou ao fundo da poço para simplesmente fazer ranhuras com minhas unhas enquanto me ergo até a superficie.

todas as noites eu derrubo as lagrimas que me permito, somente elas.

eu cresci, eu sofri tanto com a perda que aprendi a passar por cima dela para alcançar a minha felicidade. eu passei por cima das minhas tristezas, eu sorri. eu driblo todas minhas memorias de tempos que não vão voltar. eu faço o que preciso for para simplesmente ser feliz

Tô cansada

Cansada dessa gente que diz ter tanto a dizer mas só abrem a boca para mostrar o vazio de suas almas. Cansada demais de assuntos que estão mais que esclarecidos e mesmo assim as pessoas insistem em debater. Cansada da mesmice dos que me rodeiam e mais cansada ainda de não ser compreendida...

Cansei de gente que se veste de gente, come como gente, anda como gente, mas basta ninguém estar olhando para essa fantasia cair e essa gente se mostrar um monstro.

As pessoas desistem, e eu cansei de quem abre mão da luta!

Mas o que mais me cansa são os que se dizem cansados também, mas não fazem absolutamente NADA para mudar.

Tudo novo de novo

Mais um pouquinho de vitória...

Os objetivos estão sendo alcançados um a um, com muita luta, muita garra, muita determinação.

Determinar que para a felicidade existir basta você escolher e nunca mais desistir da escolha. Dias, noites, semanas e meses trazem intermináveis surpesas agradáveis. Realizações seguidas de realizações, eis que se é necessário sonhar mais para se realizar... Tudo novo de novo! Basta apenas, assim, querer feliz.

Os amores retornam, renovam, mas nunca se esgotam.

Poço seco inundando
Dias novos estão chegando
Sabedoria que nunca basta
...

O desabafo (despedida)

"E mais um sol anunciou a chegada de um novo dia, ergueu-se de sua cama e como poucas vezes sentiu-se ansiosa em chegar ao trabalho..."

Eu não sei exatamente o que quero dizer, eu não sei ao menos que estou sentindo. Hoje eu me dei conta que esqueci, esqueci de como era difícil ficar sem te falar, sem te ver, sem te sentir... Tentei lembrar dos nossos sonhos e fracassei. Eu ainda tenho o desejo de estar do seu lado, mas o escondi tão bem e juntei tantos outros que fica difícil o encontra-lo em mim, talvez fosse uma boa hora para você aparecer e me ajudar a encontrar.

Eu gostei de você, e gostei de verdade, eu passei dias e noites cantando teu nome, procurando manter acesa a chama que aquecia o coração, me faltou o combustível dessa paixão, me faltou você.

Ah, meu pequeno! Justo você! Você que tinha tudo pra ficar aqui pra sempre, que me ensinou a sorrir nas tardes frias e dormir com esperança de novos dias. Você que iluminou meu caminho, que me trouxe segurança, que me fez sent…
"vou escrever sem pensar...
vou deixar apenas a voz do coração falar
nem mesmo os sussuros não vou mais ignorar
pois prefiro me arrepender e chorar
do que se quer não sentir o sabor do tentar..."

Ela me guia para o inesperado previsível, ela me faz andar na direção proibida, ela renova minhas histórias com finais incertos... foi essa voz que me vez viver.

Reviver intensamente cada novo momento em que se entrelaçavam mãos e dedos, deixar lembranças marcadas a ferro e fogo dessas paixões que por ora são inventadas pelo simples fato de seguir a primeira palpitação que o coração dá. Desapego do "medo de errar", errando ou acertado eu vou sempre tentar.

É nesse mesmo instante que tomo a prova de que não é justo apenas esperar, posso agir e não me preocupar... Se estiver errada vou aprender.

As vezes pairam dúvidas e por mais "desapegada" que me declare eu já ganhei pequenas cicatrizes por me deixar levar, mas são pequenas, quase imperceptíveis quando damos boas vin…

O tempo que passa...

"Corre rápido demais...
mas me parece ter sido tudo ontem
teu rosto, teu cheiro, teu riso"


É, e finalmente o ano acabou e já estamos em 2011. O que até ontem eram apenas novas amizades ganham forças e se fortalecem, o que há pouco tempo atrás tirava-me o sono hoje me faz ter sonhos, passou... Tudo passou, se tranquilizou e coisas antes tão julgadas e presentes perdem a importância. O que antes não passava de uma simples palpitação hoje causa frios na barriga.

Eu já briguei tanto com esse "tempo", eu o culpei e nunca quis esperar ele passar, hoje ele passa, e quando o culpava por não passar, hoje o vejo passando rápido demais. As respostas que eu procurava incansavelmente se apareceram...Bastou-me ter paciência.

Eu fui obrigada a reconstruir minha vida, eu troquei de emprego, de lugares, de amigos, eu fugi para não lembrar e para se salvar. Recomecei cheia de traumas e desconfiança, mas simplesmente deixei o tempo passar no ritmo natural dele, não acelerei absolutamente …