Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2014

Because

Não existe, não persiste...


Nada volta como era.


Nem mesmos sonhos
tampouco voos
Brisa

Presente estagnado
melhor!
Futuro já passado...


Por diversas vezes me encontro frente a uma bifurcação onde tenho a oportunidade de escolher o caminho que vou seguir, onde consigo enxergar muito além do começo de cada trilha e como sempre, me deparo caminhando em asfalto impróprio... É como se meu organismo tivesse como fonte de vida a dor, o desespero e a total anulação do que me é benéfico.

Estou cansada. De dias, noites e todos os tic-tacs que o relógio dá. Preciso de pilulas, fórmulas e receitas que alterem esse "bem estar" que corrói pouco a pouco o que ainda me resta por dentro. Esse câncer que não se cura vem se mostrando cada vez mais forte, presente e inconsequente.

Nem Clarisse saberia...

Ausente

Não importa quanto tempo passe, não importa quão diferente seja o horizonte, no fim de tudo, basta apenas uma palavra maldita mal dita e tudo retoma. São tantos esses fantasmas que me perturbam, são tantas claras noites que afugentam o sono de quem precisa dele para esquecer... Meu passado não me condena, mas me atormenta.

As mesmas vozes, os mesmos rostos, o mesmo tudo.

Mais um vez, a tal felicidade que parecia se aproximar para ficar, dá licença para que esses monstros retomem os meus dias. Não existem trancas para essa porta.

Dias de escuridão se aproximam e minha lanterna não consegue mais clarear meu caminho.

Viver caminhando sobre pedras que já chutei...

De que vale tantos sonhos se os dias os tornam pesadelos?