Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2011
"eu só queria... mas eu nem sei mais como é"

Sinto falta de saber do que sinto falta
penso que quero um abraço apertado
um carinho afetuoso, um beijo apaixonado
mas me pergunto de quem...

Nunca sei quem são os que me acompanham nos sonhos




Quanta confusão nessa cabeça!

Tenho escrito muito nos últimos dias e quando isso acontece é sinal que estou cada vez mais perto de encontrar o que acredito estar procurando. Meus sintomas são sempre os mesmos: confusão, conflito, saudades. Ai escrevo como quem quer aliviar o peso que sinto nas costas e deixar registrado mais uma fase.

A vida me fez sorrir, me fez querer mais, mas me fez racional demais. Preciso perder essa razão e deixar falar o que meu coração tá dizendo baixinho. Preciso reaprender a ouvir meus sentimentos. Seguir em frente com minhas intuições... Mas não, ainda não me sinto preparada!

Passou um, dois, e agora o terceiro! Me apaixonei perdidamente por todos eles, mas nunca soube como lidar, nunca descobri a tempo de contar, e …

O que será que vai acontecer?

Quando não caber mais em mim essa vontade de estar ao seu lado todos os dias, quando as poucas horas com você já não me bastarem para matar a saudade, quando a espera pela sua chegada for mais angustiante que a tristeza da despedida... Será que vou conseguir ter forças suficientes para tirar o peso que cala minha voz e dizer para ti que Te Amo?

E se esse amor realmente apareça, todas essas diferenças que estamos superando não vão nos cansar?

Queria não me conhecer, queria não saber as respostas dessas perguntas, queria o novo de novo! O inesperado, o incomum... Mas eu tenho medo, e meu medo só permite arriscar-me até onde meu egoísmo permite. Até onde eu sei que não chegarei ao ponto de chorar sozinha em casa por me culpar de não ter tentado ou ter tentado e errado.

Eu falo de coragem, de se arriscar, mas eu nunca me jogo de verdade, eu vou sempre apalpando com minhas mãos os corredores por onde passo. Porque eu tenho medo! Medo de cair novamente em um abismo. Medo de sangrar a morte do…

E as coisas não mudam... nunca!

Eu tinha certeza que algo me soava familiar... As sensações que eram para ser diferentes foram tão "normais", descobrir que esse medo repentino, esses pensamentos confusos sobre o que fazer não eram inéditos.

Você além de ter me deixado as lembranças mais felizes, me ensinou a seguir em frente, me guiou e me guia nessa nova trilha.

É, meu tão querido Pequeno Principe, você me colocou no caminho do "se permitir" e desde então eu passei a me redescobrir e inclusive encontrar um motivo para ser feliz muito mais perto de mim, basta-me olhar ao meu redor. A felicidade me cerca feito as flores de um jardim. É, meu garoto, meu mais precioso cristal, você conseguiu me colocar novamente nos trilhos... Talvez hoje eu só esteja no caminho certo porque você pegou minha mão naquela noite em que eu me achava tão perdida sobre quem eu deveria ser e me sorriu da maneira mais pura que meus olhos já puderam ver que me sumiu a tristeza. As dúvidas estão sempre presentes, mas sempre me …

dividir pra somar

Será que a gente sabe realmente o que procura em um grande amor? Será que a ideia do amor perfeito é tão perfeita assim?

O quanto você estaria disposto a se arriscar em mudar seu conceito de amar?

Descobrir que dividir a carga do amor é melhor que concentrá-la em um único ponto.

A gente pode querer amar o sorriso puro, com os olhos inocentes, as palavras de alegria, os pensamentos parecidos de formas separadas, não os encontrar juntos em uma única pessoa não significa que nunca conseguiremos encontrar nosso amor ideal. As vezes nos prendemos tanto ao conceito "perfeição" que nos esquecemos que as pessoas em nosso redor tem um pouquinho de cada coisa que você idealiza e quando passamos a amar cada ponto do nosso ideal de maneira dividida descobrimos que temos sim o amor perfeito, basta juntar todos eles. Seja em uma mesa de bar de esquina ou na calçada de praça.

Eu tenho o amor perfeito sempre perto de mim, eu junto as pessoas que tem de maneira individual um pouco que desejo e …

O orgulho de ter feito parte

De repente você os olha novamente e eles cresceram, ganharam milhões de novos motivos para sorrir...

Não é só a morte que faz desejarmos que "cedo ou tarde" a gente se encontre.

Eu me emociono,
logo não sei mais o que penso
meus sentimentos são tão confusos ainda

Preciso das borboletas que seguiram o pequeno principe
analgésicos, doses de sorrisos e um colo seguro
Um pouco mais a cada dia

Tudo tem um preço!

"E nós não podemos nos conhecer de novo..."

Paguei um preço alto por sentir todo aquele amor que me sufocava, que se tornou um câncer me correndo por dentro... perdi o controle da situação e quando deu por mim estava presa a um amor que se transformou em tristezas, em medo, em más lembranças.

Na verdade o preço alto que paguei foi pra me libertar desse sentimento, foram noites de descrença, de choros, sonhos corrompidos, carnes indesejáveis, lama e luxo desnecessários. Mas eu paguei com gosto! Nada se compara a fortuna que conquistei da vida, do doce sabor de um beijo inocente, do brilho no olhar quando o que se quer se aproxima...

Eu paguei caro pra poder ter novos sonhos e me valeu cada centavo!

Fazia tempo que não me via sorrindo a toa e agora tudo isso faz parte do cotidiano, todas as lembranças de hoje só me trazem alegrias, até mesmo lembranças de despedidas são boas de se lembrar.

Passou, toda a tempestade acabou... mesmo ouvindo ainda a mesma música ela soa diferente

Perdas e danos

Jogar tudo para o alto e não pensar nas consequencias.

Tomei uma grande decisão na minha vida essa semana, depois de longos dois anos acreditando estar fazendo a coisa certa eu me cansei e resolvi abandonar tudo o que havia construído e procurar por novos ares. Ficar em tempo só, comigo mesmo, dar vazão aos meus pensamentos, ouvir meus desejos...

E esse é o primeiro dia de um novo recomeço!

Mas eu não esqueci de nada, não me esqueci de ninguém... Eu só aprendi a superar, a conviver, a encarar a vida com mais alegria,com menos medo, foi partindo desses princípios que conquistei minhas grandes vitórias, me tornei uma mulher com estabilidade financeira, emocional, racional e vivi os momentos mais deliciosos.

Esse post é mais uma vez para agradecer quem me deu forças para ontem ter tido a coragem necessária de jogar tudo pro alto e recomeçar seguindo um novo rumo.

Pai, meu anjo da guarda, meu amigo e meu maior exemplo de vida, Shi, minha irmã rebelde que tem tomado doses de muito amadurecimen…

e eu gosto

eu gosto exatamente disso

Da fissura pelo que me é incerto
Dos desejos que tanto oculto
Das verdades que sempre esqueço
Eu fujo, eu corro, eu sonho
Eu vivo!

Eu vivo hoje é improvável,
Eu hoje vivo os meus prazeres
Sonhar apenas já não mais faz parte
Pois quanto mais duvidoso seja
Mais existe realidade

Brinco então de ser feliz
E a conclusão é positiva
Caíram-se todos os "pré"conceitos
Hoje então é apenas hoje,
Agora já!

É, os opostos dos dispostos se atraem
Conflito de pensamentos
O que queremos é mesmo o que queremos?
Acho então que quis errado
Será então o sentimento culpado?

Melhor ir agora
que a noite se faz completa
Dancei as músicas que não diziam
Lembrei de ti
Mais um grande dia...

Eu gosto assim

Eu não tatuei o pequeno príncipe porque achava só um desenho bonitinho... ao meu modo, eu, realmente, descobri uma maneira de ser feliz! Tem quem chame de vida inconsequente, mas eu cheguei há lugares que por eles sou invejada. Por incrível que parece eu sempre penso no amanhã, nas consequencias, em tudo o que pode vir a acontecer, mas eu não deixo te provar, eu não perco a oportunidade da vida me surpreender... As vezes as surpresas são extremamente agradáveis.

É, eu tenho uma vida de prazeres e realizações. Pode não ser considerado algo normal perante quem olha com desejo, mas é covarde. Não tem coragem, apesar de toda vontade, de se arriscar em viver intensamente, se dar a oportunidade de errar.

As pessoas grandes se esquecem da inocência inconsequente em fazer o que quer.

"“os homens plantam cinco mil rosas num mesmo jardim e não encontram o que procuram. E, no entanto, o que eles procuram poderia ser encontrado numa só rosa (...). Mas os olhos são cegos. É preciso ver com o cor…